Novidades Feirão do Vinil: + 10 MIL LP'S 7 MIL CD'S -A partir de 10/02/2018

Promoção do Feirão do Vinil dá descontos e oferece discos a 2 reais.

Deu a louca no Feirão do Vinil! Além de oferecer álbuns e compactos de vinil, CDs, DVDs e outros formatos, mesmo raros e importados, a apenas 5 reais a peça, a loja agora também está promovendo uma série de descontos e promoções.

Agora, a cada 40 reais em compra os clientes da loja ganham um desconto de 5 reais, que o comprador pode investir na aquisição de mais um vinil, CD ou DVD, enriquecendo ainda mais sua coleção.

Mas não é só isso. O Feirão do Vinil também acaba de inaugurar uma seção de discos em promoção a 2 reais a peça.

Imperdível para colecionadores e aficionados por música.

SOBRE A FEIRA

O Acervo do Feirão do Vinil Recebe Mais Novidades esta semana

O Feirão do Vinil começa o ano de 2018 com uma nova leva de discos que devem fazer a cabeça de seus clientes e colaboradores. O acervo, que já era enorme, esta semana deve receber a aquisição de mais 10 mil LPs em vinil, 2 mil CDs e mil DVDs. Todos pelo preço de 5 reais a peça.
Os títulos fazem um apanhado de todos os gêneros, ritmos, artistas e épocas. Representando um dos mais variados e diversificados catálogos que passam pelo rock, MPB, Jazz, Pop, Hip Hop, musica sertaneja, brega, samba, bossa nova e etc.
A promoção continua imperdível.

FEIRÃO DE DISCOS EM SÃO PAULO

Com um enorme acervo de Lps, Cds, DVDs e compactos, o Espaço Esquina Cultural Dorival Discos pretende se tornar o ponto de encontro perfeito para os fãs de música, com diversidade de títulos, nos mais variados estilos e a preços módicos.

Localizado no coração de São Paulo – entre a praça da Sé e o Fórum João Mendes – o sebo Esquina Cultural já se tornou um ponto tradicional e visita obrigatória para os colecionadores de livros, quadrinhos e discos que passeiam pelo centro. Sempre de olho na melhor forma de atender, oferecer comodidade e conforto aos seus clientes, a livraria inova com uma nova proposta: o Espaço Esquina Cultural Dorival Discos.

Localizado nos fundos da loja, o espaço é uma parceria do sebo com a loja Dorival discos. Trata-se um espaço de convivência aberto aos freqüentadores da loja e voltado, principalmente ao público consumidor de musica. Contando com um acervo de 30 mil LPs, 10 mil compactos e 10 mil CDs, o Espaço Esquina Cultural oferecerá discos, CDs e DVDs, dos mais variados estilos e artistas, alguns raros, inclusive, a preços módicos, a partir de 5 reais.

Como a ideia central é tornar o espaço um ponto de encontro para aficionados e cultores da boa musica, literatura, o anexo é equipado com um pequeno bar, onde os freqüentadores poderão comprar bebidas, tomar um café e acessar a internet, pois a loja está equipada Wi-fi livre para seus clientes.

Mais que uma loja de discos o Espaço Esquina Cultural Dorival Discos pretende se tornar um ambiente social confortável, onde seus freqüentadores possam se sentir à vontade, promovendo, assim, o encontro entre pessoas com afinidades.

Destaques
Mais Vendidos
Lançamentos
Pré-venda
Ofertas
Vinil
Vitrolas
Headphones
Categorias
Blues
Clássico
Infantil
Jazz
MPB
Música Eletrônica
Pop
R&B e Soul
Rap & Hip-Hop
Religioso / Gospel
Rock
Samba
Sertanejo
Shows
Trilha Sonora
World Music
Pickup's
Aparelhos de som
Caixa de Som

O QUE É O DISCO VINIL

CONHEÇA O DISCO DE VINIL

O disco de vinil, conhecido simplesmente como vinil ou ainda Long Play (LP), é uma mídia desenvolvida no final da década de 1940 para a reprodução musical, que usa um material plástico chamado vinil[1] (normalmente feito de PVC), usualmente de cor preta, que registra informações de áudio, que podem ser reproduzidas através de um toca-discos.

O disco de vinil possui microssulcos ou ranhuras em forma espiralada que conduzem a agulha do toca-discos da borda externa até o centro no sentido horário. Trata-se de uma gravação analógica, mecânica. Esses sulcos são microscópicos e fazem a agulha vibrar. Essa vibração é transformada em sinal elétrico. Este sinal elétrico é posteriormente amplificado e transformado em som audível (música).

O vinil é um tipo de plástico muito delicado e qualquer arranhão pode tornar-se uma falha, a comprometer a qualidade sonora. Os discos precisam constantemente ser limpos e estar sempre livres de poeira, ser guardados sempre na posição vertical e dentro de sua capa e envelope de proteção (conhecidas, vulgarmente, como capa de dentro e de fora). A poeira é um dos piores inimigos do vinil, pois funciona como um abrasivo, a danificar tanto o disco como a agulha.

A história do Vinil

O disco de vinil surgiu no ano de 1948, tornando obsoletos os antigos discos de goma-laca de 78 rotações - RPM (rotações por minuto) - que até então eram utilizados, existentes desde 1890. Os discos de vinil são mais leves, maleáveis e resistentes a choques, quedas e manuseio (que deve ser feito sempre pelas bordas). Mas são melhores, principalmente, pela reprodução de um número maior de músicas - diferentemente dos discos antigos de 78 RPM - (ao invés de uma canção por face do disco), e, finalmente, pela sua excelência na qualidade sonora, além, é lógico, do atrativo de arte nas capas de fora.

A partir do final da década de 1980 e início da década de 1990, a invenção dos compact discs (ou CD, então lançado em agosto de 1982 na Alemanha pela Polygram) prometeu maior capacidade, durabilidade e clareza sonora, sem chiados, fazendo os discos de vinil ficarem obsoletos e desaparecerem quase por completo no fim do Século XX. Em maio de 2002 saem nos EUA os primeiros títulos em DataPlay, lançados inicialmente por Britney Spears e NSync. Nesse mesmo ano o CD já dominava 72% do mercado mundial.

Preso erroneamente: R$ 100 mil reais

Font: Wikipédia - https://pt.wikipedia.org/wiki/Disco_de_vinil

Os 100 maiores álbuns de todos os tempos

Os 100 maiores álbuns de todos os tempos

"Master of Puppets" do METALLICA, "Back in Black" do AC/DC, "Paranoid" do BLACK SABBATH, "IV" do LED ZEPPELIN e "Nevermind" do NIRVANA estão entre os "100 maiores álbuns de todos os tempos", de acordo com os editores da revista Time, em matéria de novembro de 2006.

"Nós pesquisamos e ouvimos e agonizamos até que tivéssemos uma lista dos maiores e mais influentes discos já feitos - e então todo mundo reclamou porque não havia nenhum Pink Floyd nela. E é exatamente assim que deve ser," Josh Tyrangiel e Alan Light escreveram no artigo. "Nós esperamos que vocês tratem o 100 maiores de todos os tempos como um grande cometição musical. Leia e ouça os argumentos para os selecionados, e nos diga o que deixamos passar ou esteja errado. Ou até o que está certo."

Veja abaixo a lista de álbuns, por década:

2000s

Turn Back the Years (Hank Williams, Mercury, 2005)

The College Dropout (Kanye West, Roc-a-Fella, 2004)

Portrait of a Legend 1951-1964 (Sam Cooke, ABKCO Music & Records, 2003)

Elvis: 30 No. 1 Hits (Elvis Presley, BMG/Elvis, 2002)

The Anthology, 1947 - 1972 (Muddy Waters, Chess, 2001)

Kid A (Radiohead, Capitol, 2000)

Stankonia, Outkast (LaFace, 2000)

Stories From The City, Stories From The Sea (PJ Harvey, UMG, 2000)

The Marshall Mathers LP (Eminem, Interscope, 2000)

1990s

Sunrise (Elvis Presley, BMG / Elvis, 1999)

Car Wheels on a Gravel Road (Lucinda Williams, Universal, 1998)

OK Computer (Radiohead, Capitol, 1997)

Time Out of Mind (Bob Dylan, Sony, 1997)

Endtroducing... (DJ Shadow, Mo' Wax, 1996)

(What's the Story) Morning Glory (Oasis, Sony, 1995)

Live Through This (Hole, Geffen, 1994)

My Life (Mary J. Blige, MCA, 1994)

Ready to Die (The Notorious B.I.G., Bad Boy, 1994)

Slanted and Enchanted (Pavement, Matador, 1992)

The Chronic (Dr. Dre, Death Row/Interscope, 1992)

Achtung Baby (U2, Island, 1991)

Nevermind (Nirvana, DGC Records, 1991)

Out of Time (R.E.M., Warner Brothers, 1991)

Phil Spector, Back to Mono (1958 - 1969) (Various Artists, Abkco, 1991)

Ropin' The Wind (Garth Brooks, Capitol, 1991)

Star Time (James Brown, Polydor, 1991)

The Low End Theory (A Tribe Called Quest, Jive, 1991)

1980s

Like a Prayer (Madonna, Sire/London/Rhino, 1989)

Paul's Boutique (Beastie Boys, Capitol, 1989)

The Stone Roses (The Stone Roses, Jive, 1989)

It Takes a Nation of Millions to Hold Us Back (Public Enemy, Def Jam/Columbia, 1988)

Straight Outta Compton (N.W.A, Priority, 1988)

Document (R.E.M., I.R.S. Records, 1987)

Paid in Full (Eric B. and Rakim, Island, 1987)

Sign O' The Times (Prince, Paisley Park, 1987)

The Joshua Tree (U2, Island, 1987)

Graceland (Paul Simon, Warner Brothers, 1986)

Master of Puppets (Metallica, Elektra/Wea, 1986)

Raising Hell (Run-DMC, Arista Records/Profile, 1986)

Legend (Bob Marley and the Wailers, Island/Tuff Gong, 1984)

Purple Rain (Prince, Warner Brothers, 1984)

Stop Making Sense (Talking Heads, Warner Brothers/Wea, 1984)

The Great Twenty-Eight (Chuck Berry, MCA, 1982)

Thriller (Michael Jackson, Sony, 1982)

Back in Black (AC/DC, Atlantic, 1980)

1970s

London Calling (The Clash, Sony, 1979)

One Nation Under a Groove (Parliament / Funkadelic, Warner Brothers, 1978)

Never Mind the Bollocks, Here's the Sex Pistols (The Sex Pistols, Warner Brothers/Wea, 1977)

Rumours (Fleetwood Mac, Warner Brothers, 1977)

Hotel California (The Eagles, Elektra/Wea, 1976)

Ramones (The Ramones, Sire, 1976)

Songs in the Key of Life (Stevie Wonder, Motown, 1976)

Born to Run (Bruce Springsteen, Sony, 1975)

Horses (Patti Smith, Arista, 1975)

Red Headed Stranger (Willie Nelson, Sony, 1975)

Call Me (Al Green, The Right Stuff, 1973)

Goodbye Yellow Brick Road (Elton John, MCA, 1973)

The Rise And Fall Of Ziggy Stardust (David Bowie, RCA, 1972)

Exile on Main Street (The Rolling Stones, Virgin, 1972)

Talking Book (Stevie Wonder, UMG Recordings, 1972)

The Harder They Come (Jimmy Cliff and Various Artists, Island, 1972)

Blue (Joni Mitchell, Warner Brothers/Wea, 1971)

Coat of Many Colors (Dolly Parton, RCA, 1971)

Hunky Dory (David Bowie, RCA, 1971)

Led Zeppelin IV (a.k.a. Zoso) (Led Zeppelin, Wea International, 1971)

Paranoid (Black Sabbath, Warner Brothers, 1971)

Sticky Fingers (The Rolling Stones, Virgin, 1971)

Tapestry (Carole King, Ode/A&M, 1971)

What's Going On (Marvin Gaye, Motown, 1971)

Who's Next (The Who, Mobile Fidelity, 1971)

After the Gold Rush (Neil Young, Reprise, 1970)

Bridge Over Troubled Water (Simon and Garfunkel, Columbia, 1970)

John Lennon (Plastic Ono Band, Apple/EMI, 1970)

Moondance (Van Morrison, Warner Brothers/Wea, 1970)

1960s

Abbey Road (The Beatles, Capitol, 1969)

Bitches Brew (Miles Davis, Sony, 1969)

Stand! (Sly & the Family Stone, Epic, 1969)

The Band (The Band, Capitol, 1969)

Astral Weeks (Van Morrison, Warner Brothers/Wea, 1968)

At Folsom Prison (Johnny Cash, Sony, 1968)

Lady Soul (Aretha Franklin, Atlantic, 1968)

The Beatles ("The White Album") (The Beatles, Capitol, 1968)

Are You Experienced (The Jimi Hendrix Experience, Experience Hendrix, 1967)

I Never Loved a Man the Way I Love You (Aretha Franklin, Atlantic, 1967)

Sgt. Pepper's Lonely Hearts Club Band (The Beatles, Capitol, 1967)

The Velvet Underground and Nico (The Velvet Underground, Polydor/Pgd, 1967)

Blonde on Blonde (Bob Dylan, Columbia, 1966)

Pet Sounds (The Beach Boys, DCC, 1966)

Revolver (The Beatles, Capitol, 1966)

Highway 61 Revisited (Bob Dylan, Columbia, 1965)

Otis Blue (Otis Redding, Atlantic, 1965)

Rubber Soul (The Beatles, Capitol, 1965)

A Love Supreme (John Coltrane, Impulse, 1964)

Live at the Apollo (1963) (James Brown, Polydor, 1963)

Modern Sounds in Country and Western Music (Ray Charles, ABC/Paramount, 1962)

King of the Delta Blues Singers (Robert Johnson, Columbia, 1961)

1950s

Kind of Blue (Miles Davis, Sony, 1959)

Here's Little Richard (Little Richard, Specialty, 1957)

Songs for Swingin' Lovers (Frank Sinatra, Capitol, 1955)

In the Wee Small Hours (Frank Sinatra, Capitol, 1954)

Fonte:https://whiplash.net/materias/melhores/045876-metallica.html

Os 100 maiores músicas de todos os tempos

As 100 melhores músicas de todos os tempos

1 — Life On Mars? — David Bowie (1971)

2 — Let It Be — The Beatles (1960)

3 — Tangled Up in Blue — Bob Dylan (1975)

4 — Unchained Melody — The Righteous Brothers (1965)

5 — Lola — The Kinks (1970)

6 — Redemption Song — Bob Marley (1979)

7 — Saint James Infirmary — Louis Armstrong (1928)

8 — Somewhere Over the Rainbow — Judy Garland (1939)

9 — I’ve Got you Under my Skin — Frank Sinatra (1956)

10 — Everybody Hurts — REM (1993)

11 — God’s Song — Randy Newman (1972)

12 — Sympathy for the Devil — The Rolling Stones (1968)

13 — Hallelujah — Jeff Buckley (1994)

14 — The River — Bruce Springsteen (1981)

15 — The Boxer — Simon and Garfunkel (1969)

16 — Strange Fruit — Billie Holiday (1939)

17 — One — U2 (1992)

18 — God Only Knows — The Beach Boys (1966)

19 — Dancing Queen — ABBA (1976)

20 — We’ll Meet Again — Vera Lynn (1939)

21 — Satellite of Love — Lou Reed (1973)

22 — I Heard It Through the Grapevine — Marvin Gaye (1968)

23 — Stand By Me — Ben E— King (1961)

24 — Love Will Tear Us Apart — Joy Division (1980)

25 — Creep — Radiohead (1992)

26 — Wonderwall — Ryan Adams (2004)

27 — Please Please Please Let Me Get What I Want — The Smiths (1986)

28 — Common People — Pulp (1995)

29 — For the Roses — Joni Mitchell (1972)

30 — Stairway To Heaven — Led Zeppelin (1970)

31 — Working Class Hero — John Lennon (1970)

32 — Imagine — John Lennon (1971)

33 — I Just Don’t Know What to Do With Myself — Dusty Springfield (1962)

34 — River Deep, Mountain High — Ike and Tina Turner (1966)

35 — Visions of Johanna — Bob Dylan (1966)

36 — Alison — Elvis Costello (1977)

37 — The First Time Ever I Saw Your Face — Roberta Flack (1969)

38 — One Day I’ll Fly Away — Randy Crawford (1980)

39 — Tom Traubert’s Blues (Four Sheets to the Wind in Copenhagen) —Tom Waits (1976)

40 — One For My Baby (and One More for the Road) — Frank Sinatra (1958)

41 — Hey Jude — The Beatles (1968)

42 — Losing My Religion — REM (1991)

43 — The Needle and the Damage Done — Neil Young (1972)

44 — Protection – Massive Attack With Tracey Thorn (1995)

45 — Waterloo Sunset — The Kinks (1967)

46 — Cry Me a River — Julie London (1953)

47 — Bird on the Wire — Leonard Cohen (1969)

48 — I Will Survive — Gloria Gaynor (1978)

49 — Bridge Over Troubled Water — Simon and Garfunkel (1970)

50 — Let’s Face the Music and Dance — Fred Astaire (1936)

51 — In My Life — The Beatles (1965)

52 — The Tears of a Clown — Smokey Robinson & The Miracles (1967)

53 — Blowin’in the Wind — Bob Dylan (1963)

54 — 1,000 Dollar Wedding — Gram Parsons (1973)

55 — Moondance — Van Morrison (1970)

56 — Something — The Beatles (1970)

57 — Wish You Were Here — Pink Floyd (1975)

58 — Mr Bojangles — Nina Simone (1971)

59 — When Doves Cry — Prince (1984)

60 — You Can’t Always Get What You Want — The Rolling Stones (1969)

61 — Feel — Robbie Williams (2002)

62 — The Mercy Seat — Johnny Cash (2000)

63 — Why — Annie Lennox (1992)

64 — Rehab — Amy Winehouse (2006)

65 — The Scientist — Coldplay (2002)

66 — Wichita Lineman — Glen Campbell (1968)

67 — Jolene — Dolly Parton (1974)

68 — Crazy — Patsy Cline (1961)

69 — You’ve Lost That Lovin ‘Feelin’ — The Righteous Brothers (1964)

70 — Hotel California — The Eagles (1976)

71 — American Pie — Don McLean (1971)

72 — Anarchy in the UK — The Sex Pistols (1976)

73 — My Funny Valentine — Chet Baker (1953)

74 — I Say a Little Prayer — Aretha Franklin (1968)

75 — Rolling In The Deep — Adele (2010)

76 — The First Cut in the Deepest — Yusuf Islam (Cat Stevens)

77 — Royals — Lorde (2014)

78 — I’m a Believer — The Monkees (1966)

79 — Watching the Detectives — Elvis Costello (1977)

80 — Empire State of Mind — Jay Z & Alicia Keys (2009)

81 — Cold, Cold Heart — Nora Jones (2002)

82 — Every Time We Say Goodbye — Ella Fitzgerald (1956)

83 — In The Wee Small Hours of the Morning — Frank Sinatra (1955)

84 — Light My Fire — The Doors (1966)

85 — MacArthur Park — Richard Harris (1968)

86 — Jealous Guy — John Lennon (1971)

87 — All You Need Is Love — The Beatles (1967)

88 — You’ll Never Walk Alone — Gerry and the Pacemakers (1963)

89 — Run — Snow Patrol (2003)

90 — Take Me To Church — Hozier (2013)

91 — Somebody to Love — Queen (1976)

92 — Help! – The Beatles (1965)

93 — Runaway — Kanye West (featuring Pusha T) (2010)

94 — Single Ladies (Ring On It) — Beyonce (2009)

95 — Smells Like Teen Spirit — Nirvana (1991)

96 — I Still Haven’t Found What I’m Looking For — U2 (1987)

97 — Come On Eileen — Dexys Midnight Runners (1982)

98 — Your Song — Elton John (1971)

99 — What a Wonderful World — Louis Armstrong (1968)

100 — Space Oddity — David Bowie (1969)

Fonte:http://www.revistabula.com/9517-as-100-melhores-musicas-de-todos-os-tempos/

Música brasileira

Os 100 maiores discos da Música Brasileira

01. Acabou Chorare (Novos Baianos, 1972)

02. Tropicália ou Panis et Circencis (Vários, 1968)

03. Construção (Chico Buarque, 1971)

04. Chega de Saudade (João Gilberto, 1959)

05. Secos e Molhados (Secos e Molhados, 1973)

06. A Tábua de Esmeralda (Jorge Ben, 1972)

07. Clube da Esquina (Milton Nascimento & Lô Borges, 1972)

08. Cartola (Cartola, 1976)

09. Os Mutantes (Os Mutantes, 1968)

10. Transa (Caetano Veloso, 1972)

11. Elis & Tom (Elis Regina e Antônio Carlos Jobim, 1974)

12. Krig-Ha Bandolo (Raul Seixas, 1973)

13. Da Lama ao Caos (Chico Science & Nação Zumbi, 1994)

14. Sobrevivendo no Inferno (Racionais MC's, 1998)

15. Samba Esquema Novo (Jorge Ben, 1963)

16. Fruto Proibido (Rita Lee, 1975)

17. Racional Volume 1 (Tim Maia, 1975)

18. Afrociberdelia (Chico Science & Nação Zumbi, 1996)

19. Cabeça Dinossauro (Titãs, 1986)

20. Fa-Tal - Gal a Todo Vapor (Gal Costa, 1971)

21. Dois (Legião Urbana, 1986)

22. A Divina Comédia ou Ando Meio Desligado (Os Mutantes, 1970)

23. Coisas (Moacir Santos, 1965)

24. Roberto Carlos em Ritmo de Aventura (Roberto Carlos, 1967)

25. Tim Maia (Tim Maia, 1970)

26. Expresso 2222 (Gilberto Gil, 1972)

27. Nós vamos Invadir Sua Praia (Ultraje a Rigor, 1985)

28. Roberto Carlos (Roberto Carlos, 1971)

29. Os Afro-Sambas (Baden Powell, Quarteto em Cy e Vinícius de Moraes, 1966)

30. A Dança da Solidão (Paulinho da Viola, 1972)

31. Carlos, Erasmo (Erasmo Carlos, 1970)

32. Pérola Negra (Luis Melodia, 1973)

33. Caymmi e Seu Violão (Dorival Caymmi, 1959)

34. Loki? (Arnaldo Baptista, 1974)

35. Estudando o Samba (Tom Zé, 1976)

36. Falso Brilhante (Elis Regina, 1976)
37. Caetano Veloso (Caetano Veloso, 1968)

38. Maria Fumaça (Banda Black Rio, 1977)

39. Selvagem? (Os Paralamas do Sucesso, 1986)

40. Legião Urbana (Legião Urbana, 1985)

41. Meus Caros Amigos (Chico Buarque, 1976)

42. O Bloco do Eu Sozinho (Los Hermanos, 2001)

43. Refazenda (Gilberto Gil, 1975)

44. Mutantes (Os Mutantes, 1969)

45. Raimundos (Raimundos, 1994)

46. Chaos A.D. (Sepultura, 1993)

47. João Gilberto (João Gilberto, 1973)

48. As Aventuras da Blitz (Blitz, 1982)

49. Racional Volume 2 (Tim Maia, 1976)

50. Revolver (Walter Franco, 1975)

51. Clara Crocodilo (Arrigo Barnabé, 1980)

52. Cartola (Cartola, 1974)

53. O Novo Aeon (Raul Seixas, 1975)

54. Refavela (Gilberto Gil, 1977)

55. Nervos de Aço (Paulinho da Viola, 1973)

56. Amoroso (João Gilberto, 1977)

57. Roots (Sepultura, 1996)

58. Antônio Carlos Jobim (Tom Jobim, 1963)

59. Canção do Amor Demais (Elizeth Cardoso, 1958)

60. Gil e Jorge Ogum Xangô + D2 (Gilberto Gil e Jorge Ben, 1975)

61. Força Bruta (Jorge Ben, 1970)

62. MM (Marisa Monte, 1989)

63. Milagre dos Peixes + D2 (Milton Nascimento, 1973)

64. Show Opinião (Nara Leão, Zé Kéti e João do Vale, 1965)

65. Nelson Cavaquinho (Nelson Cavaquinho, 1973)

66. Cinema Transcendental (Caetano Veloso, 1979)

67. África Brasil (Jorge Ben, 1976)

68. Ventura (Los Hermanos, 2003)

69. Samba Esquema Noise (Mundo Livre S/A, 1994)

70. Getz/Gilberto Featuring Antônio Carlos Jobim (Stan Getz, João Gilberto e Antônio Carlos Jobim, 1963)

71. Noel Rosa e Aracy de Almeida (Aracy de Almeida, 1950)

72. Jardim Elétrico (Os Mutantes, 1971)

73. Angela Ro Ro (Angela Ro Ro, 1979)

74. Õ Blésq Blom (Titãs, 1989)

75. Tim Maia (Tim Maia, 1971)

76. A Bad Donato (João Donato, 1970)

77. Canções Praieiras (Dorival Caymmi, 1954)

78. Gilberto Gil (Gilberto Gil, 1968)

79. Álibi (Maria Bethânia, 1978)

80. Gal Costa (Gal Costa, 1969)

81. Psicoacústica (Ira!, 1988)

82. O Inimitável (Roberto Carlos, 1968)

83. Matita Perê (Tom Jobim, 1973)

84. Qualquer Coisa/Jóia (Caetano Veloso, 1975)

85. Jovem Guarda (Roberto Carlos, 1965)

86. Beleléu, Leléu, Eu (Itamar Assumpção e Banda Isca de Polícia, 1980)

87. Verde Anil Amarelo Cor de Rosa e Carvão (Marisa Monte, 1994)

88. Nada Como Um Dia Após O Outro Dia + D2 (Racionais MC's, 2002)

89. Carnaval na Obra (Mundo Livre S/A, 1998)

90. Quem é Quem (João Donato, 1973)

91. Cantar (Gal Costa, 1974)

92. Wave (Tom Jobim, 1967)

93. Lado B, Lado A (O Rappa, 1999)

94. Vivendo e Não Aprendendo (Ira!, 1986)

95. Doces Bárbaros + D2 (Gil, Bethânia, Caetano e Gal, 1976)

96. A Sétima Efervescência (Júpiter Maçã, 1996)

97. Araçá Azul (Caetano Veloso, 1972)

98. Elis (Elis Regina, 1972)

99. Revolução por Minuto (RPM, 1985)

100. Circense (Egberto Gismonti, 1980)

Fonte:http://jolusifm.blogspot.com.br/2015/07/os-100-maiores-discos-da-musica.html

Como Chegar

Venha visitar nosso Feirão do Vinil

R. Quintino Bocaiúva, 309 - Sé São Paulo - SP 01004-010

Horário de funcionamento: Segunda a Sexta-feira: 08h às 20h - Sábado - 08h às 18h

Telefone: (11) 3105-6714

Entre em Contato

Compra e Venda de Livros, LP',s, Cd's e DVD's

Para maiores informações, entre em contato conosco.

Sebo, livrarias
LP
CD
DVD
Blue-rays
LD
Feirão do Vinil

Conheça-nos

Acesse nossas redes sociais, e fique por dentro das nossas novidades